sem ponteiros

O que é, o que é?

  “O que é, o que é? Toda a gente a pode ver e causar, mas ninguém pode vender ou trocar?” A resposta é uma riqueza preciosa e compartilhada para … Continue reading

2014/07/13 · Leave a comment

Fio mental: Palavra Libertária

Desde abril de 2012, quando comecei a fazer o que chamei de “ponteiros”, frases em tirinhas enroladas num palito, usei as mesmas tirinhas de papel em diversas ocasiões: em manifestação, … Continue reading

2014/06/23 · Leave a comment

improvável e cheio de vida

Numa calçada qualquer de Fortaleza, uma boa-noite brotava da moldura de uma caixa de registro, rente ao muro de uma casa. Duas semanas depois, passei pela mesma calçada e a … Continue reading

2014/05/24 · Leave a comment

Prazeres urbanos

Prazeres urbanos, um presente coletivo que contou com a participação de 14 pessoas para a criação de 18 frases que compartilham prazeres urbanos em Fortaleza, celebrando o aniversário de 288 … Continue reading

2014/04/13 · Leave a comment

Afinal, o que é o PÚBLICO, né?

O posicionamento da Previdência Social de São Paulo, na matéria Artista invade prédio do governo paulista para fazer ateliê, publicada hoje, 8 de janeiro de 2013, na Folha de S. … Continue reading

2014/01/08 · Leave a comment

Propaganda para zine

na brincadeira de brincar. apropriação de imagem para um “teaser” de zine da Zinco. [setembro de 2013]

2013/11/09 · Leave a comment

escavações na selva de pedra #2

Expandindo uma frase dos zine-objetos lançados em 2012, fiz o #2 do zine Escavações na selva de pedra na segunda quinzena de outubro de 2013. Foram 20 exemplares feitos com … Continue reading

2013/10/27 · Leave a comment
Follow

Get every new post delivered to your Inbox.