Museu da Maré

Existe na cidade do Rio de Janeiro uma região conhecida como Maré, próxima à ilha do Fundão (onde está localizada a cidade universitária da UFRJ) e margeada de um lado pela temida rodovia da Linha Vermelha, e do outro pela Avenida Brasil. As comunidades da Maré, como o nome sugere, têm uma relação com a água: a ocupação se intensificou a partir dos anos 1940 com palafitas por cima das águas da baía de Guanabara.

Marcada nos anos 1980 como área de pobreza, a história da comunidade tem recebido novos contornos pelos próprios moradores. Apaixonados pelo cotidiano da vida social do lugar, moradores se engajaram em iniciativas como a TV Maré, o Centro de Estudos e Ações Solidárias da Maré (CEASM) e o Museu da Maré:

Criado em 2006, o museu agrega objetos de valor afetivo dos moradores, histórias dos diversos tempos da comunidade e histórias de vida dos moradores. O espaço tem uma programação de cursos e encontros voltada principalmente para os moradores do entorno, mas tem se firmado como espaço cultural da cidade, recebendo exposições nacionais.

[+] info
• Vale a pena explorar o site do museu. Tem bastante material a respeito da história da ocupação e das atividades realizadas lá. É bem peculiar a forma como tratam museologicamente o acervo da comunidade.
• Recomendo especialmente a página de vídeos com depoimentos de moradores sobre o museu.

[*] Pude conhecer mais sobre o Museu da Maré durante o seminário Entre Memórias: museus e comunidades, realizado no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, em Fortaleza, nos dias 19 e 20 de maio de 2011.

Gostarias de comentar?

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s